CAIXA Belas Artes exibe a saga dos soldados da borracha

Posted by on Set 1, 2016 in Notícias | No Comments
CAIXA Belas Artes exibe a saga dos soldados da borracha

unnamed

No dia 6 setembro, o Teste de Audiência volta ao Caixa Belas Artes com o filme “A Guerra da Borracha”, de Wolney Oliveira. A atividade é promovida pela CAIXA Cultural São Paulo, na primeira terça-feira de cada mês, e proporciona o livre debate de filmes ainda em fase de montagem. A sessão será exibida às 20h, com ingressos a R$2. O bate-papo com o público acontece logo após a exibição do filme.

“A Guerra da Borracha” aborda a saga dos soldados da borracha, uma epopeia vivida por milhares de nordestinos, que não tem voz, nem cara, nem forma, lugar e espaço na história oficial do Brasil. Após o final da Segunda Guerra Mundial, como diziam os jornais da época, “os mortos estavam definitivamente mortos”. Os arigós da Amazônia foram, então, sepultados na grande vala do esquecimento. No caldeirão dessa epopeia, aventura, esperança, medo, terrores, escravidão, mortes. Mas, principalmente, superação, pois esta, como todas as históricas diásporas nordestinas, é também uma história que oscila entre a fascinação pelo novo e o desespero.

A história
Durante a Segunda Guerra Mundial, cerca de 60 mil nordestinos foram recrutados para trabalhar na extração de látex na Amazônia. A medida visava abastecer os Estados Unidos, que estavam em guerra e precisavam do látex para a manufatura de material bélico. Dos sertões, com incentivo do governo ou por conta própria, partiam os candidatos atraídos pela promessa de fortuna na floresta. Eles foram chamados de “Soldados da Borracha” e, a princípio, receberam status similar ao dos militares. Mas logo o sonho se transformou em pesadelo: os nordestinos foram entregues nas mãos de seringalistas, donos de grandes áreas de extração de látex, e se tornaram reféns dos patrões, presos a dívidas intermináveis por moradia e comida. Com o fim da II Guerra, os nordestinos transformados em seringueiros sequer foram lembrados. Alguns poucos conseguiram recursos para retornar à terra natal, muitos permaneceram na Amazônia, reconstruindo a própria vida, e aproximadamente metade morreu na empreitada.

Sobre Wolney Oliveira
Formado pela Escola de Cinema de San Antonio de Los Baños, em Cuba, o cineasta cearense é diretor da Casa Amarela Eusélio Oliveira, do departamento de cinema da Universidade Federal do Ceará, e também coordenador do festival Cine Ceará. Nascido em 1960, ganhou o Sol de Prata do Rio Cine Festival com o documentário Sabor a mi (1992). Em 2001, realizou Milagre em Juazeiro, sobre o fenômeno de padre Cícero. Em 2007, estreou no 17º Cine Ceará seu primeiro longa de ficção, Ilha da morte, uma coprodução entre Brasil, Cuba e Espanha.

Teste de Audiência
O projeto foi idealizado e é comandado pelos cineastas Márcio Curi e Renato Barbieri. Em dez edições, o Teste de Audiência exibiu mais de 90 produções brasileiras, entre as quais figuram títulos prestigiados como “Cidade dos Homens”, de Paulo Morelli. Após a projeção, são distribuídos questionários para preenchimento do público, seguido de debate livre entre plateia e diretor. O processo é monitorado e tabulado por uma equipe de pesquisadores.

Para participar – Diretores interessados em ter acesso gratuito à atividade podem inscrever o longa em formato aberto para o e-mail da curadoria do Teste de Audiência. (Márcio Curi – mccuri@gmail.com e Renato Barbieri – renato@gayafilmes.com). O projeto aceita inscrições de longa-metragem em todos os gêneros cinematográficos, como documentário, ficção e animação. Para a participação no programa é fundamental que o diretor tenha disponibilidade para acompanhar a sessão e debater com o público após a exibição do filme.

Serviço:
Teste de Audiência
Filme: A Guerra da Borracha, de Wolney Oliveira
Data: 6 de setembro de 2016, terça-feira
Horário: 20h
Local: Caixa Belas Artes
Endereço: Rua da Consolação, 2423 – Consolação – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2894-5781
Entrada: R$ 2
Funcionamento: de segunda-feira a domingo, das 13h30 às 23h30
Capacidade: 144 lugares
Classificação etária: 16 anos
Caixa Belas Artes: www.caixabelasartes.com.br
Fanpage: facebook.com/CaixaCulturalSaoPaulo/events
Site do evento: testedeaudiencia.com.br
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

29/08/2016
Assessoria de Imprensa da CAIXA Cultural – São Paulo
Tel.: (11) 3549-6001
E-mail: cultura.sp@caixa.gov.br
www.caixa.gov.br/imprensa | @imprensaCAIXA
www.facebook.com/CaixaCulturalSaoPaulo

Leave a Reply