O TESTE DE AUDIÊNCIA é uma iniciativa da ASACINE PRODUÇÕES em conjunto com a GAYA Filmes, duas importantes produtoras de conteúdos audiovisuais do Brasil.

Os cineastas Renato Barbieri e Marcio Curi, depois de realizarem diversos pré-testes experimentais com os próprios trabalhos (Atlântico Negro – Na Rota dos Orixás, As Vidas de Maria, Sagrado Segredo, entre outros), sentiram a necessidade de desenvolver uma metodologia científica para testes de audiência adaptada à realidade da produção audiovisual brasileira. Na busca deste objetivo, obtiveram o apoio da CAIXA Cultural que viabilizou o projeto TESTE DE AUDIÊNCIA, uma atividade cultural voltada para a formação de platéias, para o apoio ao desenvolvimento da indústria audiovisual e para a aproximação do Cinema Brasileiro com o seu público.

A base científica que os idealizadores buscavam para o projeto veio por meio da parceria com a equipe de pesquisadores composta por Michelle Stephanou e Eladio Oduber, cuja expertise em pesquisas sociais aplicadas se somou à experiência da ASACINE PRODUÇÕES e da GAYA Filmes no mercado audiovisual. A união dessas qualidades fez do TESTE DE AUDIÊNCIA uma das experiências mais completas já realizadas no Brasil, para aferição de tendências e percepções relacionadas aos produtos audiovisuais.

renato125

Renato Barbieri

Renato Barbieri é cineasta com carreira ligada à produção de conteúdo e entretenimento audiovisual e aos processos de qualificação e aprimoramento de conteúdo audiovisual. Formado em Psicologia pela PUC/SP – Pontifícia Universidade Católica (1986), foi professor de Projetos Experimentais: Vídeo e TV do Curso de Jornalismo da PUC/SP (1990/95) e ministrou as matérias Direção e Documentário-I no Curso de Cinema e Mídias Digitais do IESB-Brasília (2009/10). Iniciou-se na direção em 1983, como integrante da produtora paulista “Olhar Eletrônico”, ao lado de Fernando Meirelles (Cidade de Deus; Cegueira), Paulo Morelli (Cidade dos Homens), Marcelo Tas (Ernesto Varela; CQC), Toniko Mello (VIPs) e Marcelo Machado (Tropicália), dentre outros. Na “Olhar” dirigiu diversos programas semanais, realizou os premiados curtas Do Outro Lado da Sua Casa, Duvideo e Expiação e dirigiu quase duas centenas de matérias especiais para revistas eletrônicas semanais.

A partir de 1992 funda a produtora GAYA Filmes (ex-Videografia) e aprofunda-se no documentário realizando alguns títulos de repercussão nacional e internacional, com destaque para Atlântico Negro – Na Rota dos Orixás, A Invenção de Brasília, Moçambique e A Liga da Língua, além das cine-biografias do italiano Gabriel Malagrida, do cubano Félix Varela, do escritor Monteiro Lobato, do artista Glenio Bianchetti e do cartunista Mauricio de Sousa. O longa As Vidas de Maria marca sua estréia na ficção.

É idealizador e curador do projeto Teste de Audiência, que já testou mais de 70 filmes brasileiros de longa metragem em um programa inédito de qualificação e aprimoramento do diálogo entre os filmes e seu público.

Barbieri já filmou em todas as regiões do Brasil e em diferentes países e culturas: Itália, Espanha, Portugal, Benim, Moçambique, Estados Unidos, Cuba e Venezuela. Também desenvolveu trabalhos de pesquisa para roteiros de ficção no Mali e no Burkina-Faso.

Barbieri participou de diversos festivais como juri, bem como de comissões de seleção de editais para filmes e docs.

É sócio-fundador da APROCINE – Associação dos Produtores e Realizadores de Filmes de Longa-Metragem do DF – e pertence à atual diretoria da mesma.

Acesse aqui o currículo completo

 

marcio125

Márcio Curi

Márcio Curi é cineasta, roteirista e produtor. Roteirizou e dirigiu, em parceria com Yanko del Pino, “A TV que virou estrela de cinema”(1993). Produziu os premiados “Louco por cinema” (Melhor Filme no Festival de Brasília 1994), “Filhas do Vento” (oito prêmios no Festival de Gramado 2004) e mais 12 longas entre 2001 e 2014.

Desde 2007, é curador e produtor do Teste de Audiência, evento idealizado em parceria com Renato Barbieri, a caminho da nona temporada em Brasília e da estreia no CAIXA Belas Artes em São Paulo.

Em 2011 integrou a Comissão de Seleção de Projetos de Difusão de Filmes de Longa- metragem para o Programa Petrobras Cultural 2011/12.

Em 2012 finalizou o longa-metragem “A última estação”, que também dirigiu, e realizou para a Agência Nacional de Águas a série “Guia Nacional de Coleta e Preservação de Amostras”, com seis episódios, destinada à formação de profissionais da área de biologia responsáveis pelo controle da qualidade das águas na natureza.

Em 2014 produziu o longa “Todas as Vidas, Cora Coralina” (em finalização), dirigido por Renato Barbieri.

A partir de novembro de 2014 é o Coordenador Geral do ASACINE CONTEÚDOS, Núcleo Criativo criado pela ASACINE Produções no âmbito do PRODAV 03 da ANCINE / FSA, um dos primeiros 27 projetos apoiados pelo programa.

Acesse aqui
o currículo completo